Loading
Disputa entre Doria e Bolsonaro sobre F-1 deve virar briga por emprego
FOLHA DE S.PAULO
Tue, 25 Jun 2019 06:31

Disputa entre Doria e Bolsonaro sobre F-1 deve virar briga por emprego

FOLHA DE S.PAULO
Tue, 25 Jun 2019 06:31

A disputa Jair Bolsonaro e o governador João Doria (SP) sobre onde ficará a F-1 no Brasil a partir de 2021 deve evoluir para uma discussão em torno do emprego.

Disputa entre Doria e Bolsonaro sobre F-1 deve virar briga por emprego
Enquanto Bolsonaro calcula que o Rio ganharia muitos postos de trabalho com a mudança, São Paulo diz que a cidade perderia ainda mais.

O presidente anunciou em maio que o evento levaria 7.000 vagas para o Rio. Agora a prefeitura da capital paulista calcula que 10 mil empregos seriam tirados daqui.
Estrago O bate-boca também joga um balde de água fria em outro plano, a privatização do autódromo de Interlagos. “A fala de Bolsonaro muda o cenário. Uma eventual concessão perde a atratividade”, afirma Sandro Cabral, professor do Insper especialista em PPPs.

Perfil No meio da disputa, especialistas no setor estão levantando o perfil da Rio Motorsports, que encabeça o consórcio vencedor da licitação para construir o autódromo de Deodoro. Afirmam que seu presidente, José Antônio Soares Pereira Junior, ainda é pouco conhecido no meio.

Origem A coluna procurou o empresário e questionou se a Mortosports, registrada nos EUA, tem sede física, além de sua capacidade de execução e histórico de atuação no setor. O empresário, conhecido como JR Pereira, disse via assessoria que “indicar que empresas criadas em Delaware são algo ilegal e obscuro é tese absurdamente equivocada”. 

Gringo Em nota, o empresário diz que a Rio Motorsports “está sob o escrutínio das leis dos EUA e sujeita à profunda e rigorosa fiscalização do governo daquele país”. 

Grupo Ainda segundo a nota, “qualquer insinuação que aponte falta de experiência no esporte denota, no mínimo, desconhecimento do mercado”. Pereira destaca a presença de parceiros renomados. 

Histórico Segundo JR Pereira, as empresas que participam da holding têm capacidade técnica reconhecida mundialmente, como o arquiteto Hermann Tilke, autor de pistas em Xangai, a construtora espanhola Acciona, e outras. 
Café Seguindo a moda de cafeterias da China e do Vale do Silício, na Fispal, feira de tecnologia do setor alimentício, em São Paulo, quem faz o cafezinho no estande do Instituto Mauá de Tecnologia é o robô.

Adoçante Desenvolvida pela Mitsubishi, a máquina de seis eixos pega a cápsula escolhida pelo consumidor, deposita na cafeteira e entrega a bebida pronta no copo. 

Uma estrela Apesar de gastar cada vez mais na internet, o brasileiro está insatisfeito com o ecommerce. Um índice feito por empresas do setor com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico mostra que 96% dos sites não atendem a critérios como número ideal de imagens do produto, detalhes na descrição do item e facilidade na busca.

Experiência Enquanto o índice de satisfação é de 4% aqui, nos EUA está em 44,22%. O Ecommerce Quality Index 2019 analisou 118 sites no país.

Pergunta lá A distribuidora de combustível Ipiranga lançará uma divisão para se aproximar de startups, batizada de Turbo. O objetivo é se beneficiar de melhorias sugeridas e, em troca, funcionar como uma aceleradora. A companhia diz que conversa com cerca de cem empresas emergentes —nenhuma parceria foi fechada ainda.

Ladeira abaixo Micro e pequenas indústrias viram derreter praticamente todos os indicadores no mês de maio, segundo pesquisa do Datafolha encomendada pelo Simpi (sindicato do setor). Pela primeira vez no ano, o percentual de empresários que preveem demitir funcionários em 2019 ultrapassou o dos que pretendem contratar.

Calote Outro indicador que teve recorde negativo em maio foi o de inadimplência. Cerca de 44% das empresas não receberam o pagamento de algum cliente, maior nível desde novembro de 2018. Além disso, o índice que mede a expectativa dos industriais em relação aos negócios atingiu o menor nível desde janeiro.
Com Igor Utsumi e Paula Soprana

Brazilnews
No results found.