Loading
Pela primeira vez em meses, Lula ficou tenso e ansioso com possibilidade de sair da prisão
FOLHA DE S.PAULO
Wed, 26 Jun 2019 06:01

Pela primeira vez em meses, Lula ficou tenso e ansioso com possibilidade de sair da prisão

FOLHA DE S.PAULO
Wed, 26 Jun 2019 06:01

A votação da suspeição de Sergio Moro pelo STF (Supremo Tribunal Federal) deixou Lula, pela primeira vez em muitos meses, tenso e ansioso.

Pela primeira vez em meses, Lula ficou tenso e ansioso com possibilidade de sair da prisão

AGORA VAI 

De acordo com relatos de pessoas que se mantêm próximas, a possibilidade de o ex-juiz ser considerado suspeito foi a primeira que gerou expectativas reais no petista de que ele poderia, enfim, sair da prisão.

BATEU 

As dificuldades, como a possibilidade de adiamento, foram um banho de água fria. “Bateu o desespero”, diz uma pessoa próxima. Lula então orientou os advogados a irem para o tudo ou nada, insistindo na votação do habeas corpus.

NADA FEITO 

As ponderações de que protelar o debate poderia ser positivo, já que novas revelações do escândalo das mensagens de Moro com procuradores poderiam surgir, não surtiram efeito.

NUNCA MAIS 

O cálculo era o de que, se o STF não soltasse Lula agora, isso dificilmente ocorreria depois. 

PASSO ADIANTE 

Em breve, o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) vai apreciar a condenação do ex-presidente no caso do sítio. A confirmação da punição pode impedir o petista de sair da prisão mesmo que, mais tarde, Moro seja considerado suspeito. 

TARJA 

O deputado David Miranda (PSOL-RJ) diz que a diretora do Centro Cultural da Câmara dos Deputados, Isabel Flecha de Lima, proibiu o uso da palavra ditadura em um painel exposto no Centro Cultural em homenagem aos 50 anos de Stonewall, um marco na luta LGBTI+. “Só podemos chamar de censura”, diz ele. 

SEM POLÊMICAS 

Ela também teria proibido o uso da frase “tempos obscuros e de mentiras que vivemos”. Isabel Flecha de Lima respondeu que a Casa “evita que polêmicas políticas e juízo de valor façam parte de exposições promovidas pelo Centro Cultural”.

RSVP 

O vice-presidente General Hamilton Mourão confirmou presença no lançamento do Instituto Brasil 200, no dia 16 de julho. A procura por convites aumentou tanto que o evento, marcado para ocorrer no MIS, foi transferido para o hotel Unique.
DE OLHO NA TELA

Myra Babenco assumiu a direção da produtora HB Filmes em 2018; filha do cineasta Hector Babenco, ela está liderando um projeto que busca restaurar e digitalizar a obra cinematográfica de seu pai

VETO 

A atual mulher do ex-médico Roger Abdelmassih, Larissa Maria Sacco Abdelmassih, não foi aprovada para se tornar sócia do Club Athletico Paulistano, um dos mais tradicionais de SP. 

NÃO QUERO 

Em maio, a proposta de Larissa ficou afixada em um mural do clube. Segundo um diretor do Paulistano, ela recebeu cerca de 300 bolas pretas, que são as manifestações contra a entrada no quadro de associados. 

CARTEIRINHA 

Na época, Larissa disse à coluna que estava apenas pleiteando o “reingresso ao quadro de membros associados” e que o pedido havia sido feito para que os filhos gêmeos de 7 anos tenham direito de frequentar um espaço de lazer. O Paulistano, via sua assessoria de imprensa, diz que não irá se manifestar.

CEP 

A Asserte (Associação de Servidores da Funarte) fez uma carta de repúdio à indicação do diretor Roberto Alvim para a direção do Centro de Artes Cênicas da instituição. O documento foi enviado ao ministro Osmar Terra (Cidadania), ao secretário especial da Cultura, Henrique Pires, e ao presidente da Funarte, Miguel Proença.

DISPUTA 

A associação diz que declarações de Alvim causaram “espanto”. O diretor convocou profissionais conservadores para “criar uma máquina de guerra cultural”. “Denunciamos o uso de cargo público para disputa ideológica, prática especialmente danosa na esfera das políticas públicas para as artes”, diz a nota.

DÚVIDA 

“Por que repudiar a presença de um profissional com 30 anos de trajetória dedicada ao teatro de arte no Brasil? Por meu alinhamento com os valores do governo Bolsonaro?”, questiona Alvim. “Isso é discriminação ideológica e configura um preconceito terrível, na medida em que nem sequer conversei com eles acerca de minhas propostas”, completa.

DÚVIDA 2 

O ministério e secretaria não vão comentar. A Funarte diz que Proença está de licença médica e que não vai responder no momento.

MOLDURA 

Crianças e adolescentes poderão participar de oficinas inspiradas no quadro “Operários”, de Tarsila do Amaral, com a sobrinha-neta da artista. As atividades, que incluem pinturas, confecção de bonecos e teatro de fantoches, integram a programação do Palácio Boa Vista, em Campos do Jordão, no Festival de Inverno, que ocorre de 29 de junho a 28 de julho.
CÂMERA, AÇÃO

Os atores Dira Paes e Emilio de Mello integram o elenco do filme “Divino Amor”, com direção de Gabriel Mascaro, que teve pré-estreia na segunda (24), no Cinearte. O cantor Chico César e a atriz Camila Márdila compareceram.

CURTO-CIRCUITO

O escritório Malheiros Filho Meggiolaro Prado inaugura na quarta (26) a biblioteca em homenagem ao fundador Arnaldo Malheiros Filho. 

O evento “A Arte é Mulher”, dirigido por Lan Lanh, faz sua última apresentação na quarta (26). Às 19h, no CCBB-RJ.

A atriz Laura Cardoso é a convidada do evento Camarim em Cena. Na quarta (26), às 16h, no Itaú Cultural.

Raphael Fonseca participa de palestra na quarta (26). Às 19h, no CCBB São Paulo.

com BRUNA NARCIZO, BRUNO B. SORAGGI e VICTORIA AZEVEDO

Brazilnews
No results found.