Loading
Montenegro confirma negociação de parceria entre Fogão e WTorre para administrar o Nilton Santos
90Min - Brazil
Fri, 20 Sep 2019 20:46

Montenegro confirma negociação de parceria entre Fogão e WTorre para administrar o Nilton Santos

90Min - Brazil
Fri, 20 Sep 2019 20:46

​A diretoria do Botafogo segue trabalhando para diminuir a crise financeira que está instalada no clube.

Montenegro confirma negociação de parceria entre Fogão e WTorre para administrar o Nilton Santos
Aos poucos, os dirigentes estão conseguindo pagar os atrasados dos jogadores e outros funcionários da instituição. O ex-presidente botafoguense e ainda bastante influente nos bastidores, Carlos Augusto Montenegro, vem ajudando os cartolas do ​Alvinegro e está conversando com alguns investidores no intuito de fechar parcerias que ajudem o Fogão a mudar o cenário.
Nessa linha, o ex-mandatário do clube carioca confirmou ao site ​Globoesporte.com que está negociando com os representantes da WTorre, empresa que administra o Estádio do Allianz Parque, do Palmeiras, para alinhar um acordo semelhante com o Nilton Santos. Montenegro diz que a empresa de engenharia deseja fazer o estádio botafoguense ser rentável, colocando shows e eventos parecidos, assim como faz no do Verdão.
“Você está começando a fortalecer um time a partir do momento em que você só se dedique ao futebol. Todos estão trabalhando muito por patrocínio. O pessoal da Arena do Palmeiras, a W Torre, está interessada em entrar. Faz parte do projeto? Não. Mas vão entrar. Os caras querem fazer shows, isso e aquilo, e tornar rentável o Nilton Santos”, detalhou Carlos Augusto Montenegro ao Globoesporte.
O ex-presidente também confirmou que está trabalhando junto com os dirigentes botafoguenses para fazer o clube de fato uma empresa, se tornando assim, Botafogo S/A.
“Está na hora de os clubes pararem de viver só de história. Se ficar pensando na tradição, vamos continuar sucumbindo, vivendo de passado e cada vez mais fracos. Ou você resolve, e é uma decisão séria para sobreviver e tentar disputar com dignidade, ou fica como está”.