Loading
As abelhas de Notre-Dame sobreviveram à tragédia de uma cidade
Público
Sat, 20 Apr 2019 22:51

As abelhas de Notre-Dame sobreviveram à tragédia de uma cidade

Público
Sat, 20 Apr 2019 22:51

Em Paris, o incêndio que destruiu grande parte do telhado da catedral de Notre-Dame, poderia ter tido um impacto ainda maior para a capital francesa.

As abelhas de Notre-Dame sobreviveram à tragédia de uma cidade
As cerca de 200 mil abelhas que habitavam as colmeias localizadas no telhado da catedral eram tidas como mortas, contudo Nicolas Géant, o apicultor de Notre-Dame, confirmou que estão vivas.

A notícia é avançada pela CNN que entrevistou Géant, apicultor que, desde 2013, toma conta das abelhas de Notre-Dame, altura em que foram aí colocadas para aumentar o número de árvores polinizadas na cidade.
Mais populares
As três colmeias estão localizadas no topo sul da sacristia, cerca de 30 metros abaixo do telhado principal e cada uma delas alberga cerca de 60 mil abelhas. Foi por essa razão, afirma Nicolas Géant, que sobreviveram ao fogo da semana passada.
As abelhas europeias – ao contrário de outras espécies – permanecem na colmeia se sentirem perigo e tentam proteger a sua rainha. As altas temperaturas do fogo foram o maior risco para as abelhas, pois o monóxido de carbono deixa-as inconscientes, o que impossibilitaria a fuga dos animais. A libertação de fumo no interior das colmeias, é aliás, uma técnica usada pelos apicultores para poderem aceder ao seu interior.
Apesar de ainda não ter inspeccionado o local onde estão as colmeias, o apicultor está confiante que nenhuma das colmeias foi queimada, pois as abelhas foram vistas a entrar e sair das colmeias.
Continuar a ler